Notícias

    Instituições sociais recebem capacitação em gestão de projetos

     USAR

    Apresentação do Programa de Aceleração de Impacto Social para as Instituições selecionadas para Capacitação de OCSs no Instituto BRB

    Os Institutos COOPERFORTE, BRB, Sabin e Bancorbrás, por meio do Programa de Aceleração de Impacto Social (PAIS), capacitaram 32 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) de todo o país em Gestão de Projetos. Concluída nos dias 8 e 9 de novembro, a qualificação teve quatro meses de duração e capacitou as instituições para melhor gestão e profissionalização de suas operações, a fim de promover a efetividade no atendimento às comunidades e à sociedade em geral.

    A primeira etapa do programa foi realizada em julho, quando as instituições sociais foram submetidas a um diagnóstico organizacional pela consultoria Phomenta, de Campinas-SP. Posteriormente, os representantes das OSCs participaram de imersão integrada, voltada para melhores práticas de gestão, governança, desempenho e sustentabilidade financeira, tanto da entidade e quanto dos projetos realizados. No encerramento, as instituições participantes expuseram o resultado dos cinco meses de aprendizado.

    O Instituto Cooperforte subsidiou oito OSCs, parceiras de outros projetos de sucesso: Centro Comunitário Social Barra Dos Coqueiros (Barra dos Coqueiros/SE); Ação Moradia (Uberlândia/MG); Fundação Semear (Novo Hamburgo/RS); Inspetoria São João Bosco (Ceilândia/DF); Pequena Casa Da Criança (Porto Alegre/RS); Associação De Desenvolvimento Social E Comunitário E José Walter – AMPEJW (Fortaleza/CE); Associação Dom Bosco (Salvador/BA); Acesa Capuava (Valinhos/SP).

    De acordo com o presidente do Instituto Cooperforte, José Rogaciário, o PAIS é um projeto essencial para o bom desenvolvimento do trabalho no terceiro setor, baseado em dois principais pilares: a gestão de governança, quanto a aspectos administrativos e legais, estimulando a ação criteriosa dentro das organizações; e a autossustentabilidade, no sentido de promover ações dentro dos projetos, que gerem receita própria para as ONGs, a fim de proporcionar independência para as mesmas.

    “Após o programa, estamos certos de que as organizações estarão mais preparadas para promover a inclusão socioprodutiva por meio de projetos de desenvolvimento profissional e exercício da cidadania”, reforçou Rogaciário.

    Publicado em 28/11/2018

    ONDE NOS ENCONTRAR

    SCS Quadra 9 Lote C Torre C, 9º andar, Edifício Parque Cidade Corporate
    Brasília/DF - CEP: 70.308-200

    Site7Dias