Às Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária aconteceram no dia 01 de abril de 2017 no salão de eventos do Hotel Windor Plaza, Brasília-DF.

Às 9h da manhã, o presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Cooperforte, José Valdir Ribeiro dos Reis, declarou aberta a Assembleia Geral Ordinária do ano de 2017, exercício 2016, para deliberação dos seguintes assuntos:

a) Relatório de Atividades de 2016 da Diretoria Executiva;

b) Pareceres emitidos pelo Conselho Fiscal sobre os relatórios de desempenho financeiro e contábil e sobre as operações patrimoniais realizadas;

c) Eleição dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, com mandato a partir desta assembleia e término na assembleia de 2019.

 

A Mesa da Diretoria foi composta pelo presidente José Valdir, junto aos membros do Conselho Deliberativo, o representante do Conselho Fiscal, e associado Eduardo Menezes Lima e também, Lílian Mônica Abrão Viana, associada e colaboradora do Instituto Cooperforte, para secretariar os trabalhos.

Composta a mesa, todos entoaram o Hino Nacional do Brasil.

 

TN AHM 20763

 

Após o Hino, a secretária leu o Edital de Convocação da Assembleia Ordinária.

O Jovem atendido pelo Instituto Aprender para Viver - RJ, em parceria com o Instituto Cooperforte, Renan de Souza Marques, foi convidado a ler o depoimento sobre a trajetória no curso de Administração e Telemarketing, até sua colocação no mundo do trabalho.

 

TN AHM 2137

 

O presidente do Instituto Cooperforte, José Rogaciário dos Santos, foi convidado a prestar as contas do exercício de 2016, juntamente com a Coordenadora de Projetos e Relacionamentos, Adriana Trancoso, que comentou sobre a Chamada de Projetos realizada no ano.

O presidente do Instituto agradeceu aos multiplicadores da Oficina de Educação Financeira, que tiveram importante atuação nos projetos apoiados. Na oportunidade, também foi exibido o vídeo com depoimentos de alguns participantes da Oficina.

Veja o vídeo: https://youtu.be/lpim5UqPumE

Em seguida, foi apresentado os números do Balanço do exercício 2016.

 

TN AHM 2305

 

O representante do Conselho Fiscal, e associado Eduardo Menezes Lima, leu  o Parecer do Conselho, referente às contas do Instituto Cooperforte em 2016.

Após a leitura, foi realizada a votação de aprovação ao Relatório de Atividades 2016 e as Contas do Balanço do Instituto Cooperforte, aprovados por unanimidade.

Foram conduzidas pelo associado, Sr.Benedito Carlos Florêncio, as eleições dos Conselhos Deliberativo e Fiscal. Os membros dos Conselhos foram eleitos por aclamação.

 

 TN AHM 2517

 

O presidente da mesa, José Valdir, colocou em votação a nomeação de novo dirigente do Instituto Cooperforte ou recondução do atual. Os participantes votaram pela recondução do atual presidente, José Rogaciário dos Santos, que 

fez os agradecimentos e pronunciamentos finais.

A Assembleia foi encerrada pelo Presidente do Conselho Deliberativo, José Valdir, às 11:00h.

 

Inspirada no 7º princípio cooperativista que recomenda  o “interesse pela comunidade”, a Cooperforte criou, em março de 2003, o Instituto Cooperforte, responsável por apoiar projetos que visam a qualificação profissional e inserção no mundo do trabalho.

 

Em 14 anos o Instituto Cooperforte beneficiou indiretamente mais de 86 mil pessoas por meio de 215 projetos realizados em todo o Brasil. Ao longo deste período foram desenvolvidos projetos através de seus quatro programas sociais: Passaporte do Futuro (jovens de 16 a 24 anos), Passaporte da Superação (pessoas com deficiência), Passaporte Solidário (desenvolvimento de comunidades ou grupos locais) e Passaporte da Cooperação (cooperativas e associações em desenvolvimento).

 

Fotos maquina SONY 092

 

Na trajetória do Instituto destaca-se o lançamento da Coleção Transformando Realidades em 2008, onde são apresentados didaticamente conceitos básicos e elementos fundamentais para a consolidação da cidadania e da ética, empreendedorismo e preparação para o ingresso no mundo do trabalho. Esta coleção é aplicada em todos os projetos apoiados.

 

Em 2009 o Instituto Cooperforte recebeu a Certificação NGO Benchmarking  desenvolvida pela SGS (Société Générale de Surveillance), multinacional líder em certificações, testes e inspeções, em sua matriz na Suíça, exclusivamente para suprir as necessidades de organizações do terceiro setor em ter uma norma que alinhe às práticas mundiais de confiabilidade, transparência e boa governança diante de órgãos financiadores e mantenedores internacionais, sociedade e poder público.

 

Entre 2010 e 2016 foram realizadas parcerias com a Fundação Banco do Brasil, Bovespa, BrasilCap, Brasilprev, Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência, Huawei do Brasil, dentre outras.

 

No ano de 2015 foi realizada a primeira edição da Corrida Doar 10K, onde 500 pessoas participaram. Em 2016, ocorreu a segunda edição da corrida que contou com 1.500 participantes. Todo o dinheiro arrecadado com as inscrições foi destinado ao desenvolvimento de novos projetos.

 

O Instituto Cooperforte agradece à sua Instituidora – Cooperforte -  e a todos os parceiros pela confiança e por acreditarem que juntos podemos transformar realidades!

 

Iniciou em fevereiro de 2017 em Araras – SP o projeto “Designer Jovem” apoiado pelo Instituto Cooperforte.

O projeto é realizado em parceria com a Associação de Educação do Homem de Amanhã de Araras - AEHDA, que tem a missão de contribuir com ascensão social de jovens de baixa renda.

Em 07 de março de 2017 ocorreu em Curitiba (PR) o encerramento do projeto Superação realizado em parceria com a Associação de Pais, Amigos de Pessoas com Deficiência de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade - APABB/PR.

O projeto, já na sua segunda edição, através do programa Passaporte da Superação do Instituto Cooperforte, capacitou 50 jovens com deficiência intelectual em rotinas administrativas, e até o momento boa parte dos atendidos já se encontra inserida no mercado de trabalho.

03 cooprforte

Em 04 de fevereiro, ocorreu o evento de encerramento do projeto Enter Ação III, realizado em parceria com o Centro Comunitário São Judas Tadeu em Marília-SP, a Instituição tem como objetivo prestar assistência psicossocial a crianças e adolescentes de baixa renda, favorecendo seu desenvolvimento individual, social e comunitário, priorizando àqueles em situação de vulnerabilidade e/ou exclusão social.
O projeto, já na sua terceira edição, através do programa Passaporte do Futuro do Instituto Cooperforte, capacitou 30 jovens entre 16 e 24 anos com o curso de Montagem de Computadores (Hardware), Técnicas em Vendas e Atendimento ao Público.

01 cooprforte  02 cooprforte

Os jovens formandos puderam compartilhar com seus familiares e amigos a alegria de uma nova capacitação que servirá como ferramenta no mundo do trabalho, propiciando desenvolvimento pessoal, profissional e melhoria de vida para toda família.
Agradecida pela capacitação recebida no projeto, Gabrielle Ferreira Guerra, de 21 anos, hoje empregada, escreve em depoimento:
"Desde o começo gostei muito, pois o pessoal nos recebeu e nos recebe até hoje super bem; as aulas são super importantes, pois aqui aprendemos a lidar com as pessoas no serviço e no cotidiano, como trabalhar em equipe, a importância do nosso comportamento no serviço, e tudo que aprendemos aqui serve até para o nosso dia a dia."
Agora, os jovens levam em suas mãos não só a vontade de trabalhar, mas a possibilidade concreta para realização de novos sonhos.
O Instituto Cooperforte parabeniza a todos os atendidos do projeto e deseja sucesso em seu desenvolvimento profissional.