image001

Os Institutos Cooperforte, Bancorbrás, BRB e Sabin, assinaram hoje um Termo de Cooperação para a criação de um Programa de Aceleração de Impacto Social de Organizações de Sociedade Civil – PAIS. O acordo é uma colaboração entre os institutos para capacitar as Organizações de Sociedade Civil (OSCs), para que desenvolvam um trabalho de qualidade, sustentável financeira e administrativamente, para que assim, essas OCSs não percam oportunidades de financiamentos sociais e captações de recursos pela falta de documentos mínimos.

Nas palavras do presidente do Instituto Cooperforte, Sr. José Rogaciário dos Santos, o Instituto “considera estratégico e importante (além de uma honra) unir-se a instituições que nutrem propósitos afins, constituindo uma rede de solidariedade muito bem retratada nesta iniciativa da criação do Programa de Aceleração de Organizações Sociais (PAIS). Trata-se de clara demonstração de sintonia entre os membros da Rede e sobretudo na ação solidaria de entender as fragilidades de instituições sociais, buscando proativamente criar meios que possam promover a sustentabilidade dessas organizações e concomitantemente contribuir para o fortalecimento do Terceiro Setor e consolidação das marcas empresariais das nossas mantenedoras.”

O programa será dividido em duas partes: uma presencial, com atividades virtuais e mentoria, denominada “Processo de Formação”. As instituições selecionadas escolherão dois representantes para participar desses cursos; a segunda se caracteriza pela entrega de um Plano de Sustentabilidade Financeira para organização participante.

Serão 32 OSCs selecionadas para participar do programa, sendo oito instituições escolhidas por cada um dos Institutos Patrocinadores: Instituto Cooperforte, Bancorbrás, BRB e Sabin. As organizações escolhidas devem ter atuação na região do DF e entorno, enquanto 8 de fora serão custeadas pelo Instituto Cooperforte.